Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

WhatsApp Para de Funcionar Nesses Smartphones Antigos a Partir de Julho – Saiba Mais!

Fim do WhatsAoo assusta usuários de IOS e Android. Descubra se o seu aparelho será afetado e o motivo real das mudanças.

0

No cenário atual onde a tecnologia avança rapidamente, alguns usuários de smartphones podem enfrentar desafios com aplicativos populares, como o WhatsApp. A partir deste mês de julho, o aplicativo de mensagens instantâneas, que é parte do conglomerado Meta, não será mais compatível com determinados modelos de smartphones mais antigos.

Esta decisão afeta diretamente a utilização do aplicativo em alguns aparelhos que já não suportam atualizações de segurança ou as recentes mudanças de software implementadas pela Meta. Os modelos afetados incluem dispositivos Android, iOS e mesmo alguns com KaiOS.

O que levou o WhatsApp a interromper o suporte a esses modelos?

WhatsApp para de funcionar em aparelhos IOS e Android
WhatsApp para de funcionar em aparelhos IOS e Android (Fonte: Reprodução)

Segundo o Centro de Ajuda do WhatsApp, a medida foi necessária por uma razão bem clara: segurança e performance. Muitos dos modelos mais antigos já não possuem a capacidade técnica para suportar novas funcionalidades ou garantir uma proteção adequada durante o uso. Portanto, continuar a operar nessas condições poderia colocar em risco não apenas o dispositivo em si, mas também a segurança dos dados do usuário.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Como saber se seu dispositivo será afetado?

Para aqueles preocupados em saber se seus dispositivos continuarão a operar normalmente com o WhatsApp, a empresa listou os sistemas operacionais mínimos requeridos: Android OS 5.0 ou superior, iOS 12 ou superior, e KaiOS 2.5.0 ou superior, incluindo versões nos dispositivos JioPhone e JioPhone 2. Os usuários dessas versões mais antigas começarão a receber notificações para atualizar seus sistemas operacionais, se possível.

Leia mais: CONFIRA: Militares e Servidores Públicos Podem Acessar Empréstimo Consignado? Saiba Mais!

Como atualizar seu sistema operacional

  1. Para Android:
    • Acesse as configurações do seu celular.
    • Navegue até a seção “Sistema”.
    • Verifique se há atualizações de software disponíveis e proceda com a atualização.

Leia mais: Como Acabar com os Pesadelos e Dormir em Paz: Guia DEFINITIVO!

  1. Para iOS:
    • Vá até “Ajustes” no seu dispositivo.
    • Selecione “Geral”.
    • Toque em “Atualização de Software”.
    • Ative “Baixar Atualizações de iOS” em “Atualizações Automáticas”.

Leia mais: CONFIRA: Militares e Servidores Públicos Podem Acessar Empréstimo Consignado? Saiba Mais!

Lista de Dispositivos que Perderão Suporte

Os dispositivos específicos que deixarão de ser compatíveis com o WhatsApp a partir de julho incluem:

  • Samsung: Galaxy S3 Mini, Galaxy X Cover 2, Galaxy Trend Lite.
  • LG: Varios modelos incluindo LG Optimus L3 II Dual e LG Optimus F6.
  • iPhone: iPhone SE, iPhone 5, até iPhone 6S Plus.
  • Outros: incluem Alcatel Go Flip 2 e Xperia M.

Leia mais: BOMBA! Michael Jackson faleceu devendo cerca de R$ 2,7 BILHÕES. Confira!

Essa atualização pode ser inconveniente para muitos, mas é uma medida necessária para assegurar que o aplicativo mantenha a integridade e a segurança tanto de seus usuários quanto das plataformas que suporta. Para mais informações, verifique a central de ajuda do WhatsApp ou entre em contato com o suporte técnico do seu dispositivo.

Veja Também: Surpresa Na Folha De Pagamento!

INSS SURPREENDE com AUMENTO nas APOSENTADORIAS – VEJA os NOVOS VALORES! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.