Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

URGENTE: Descontos Ilegais na Aposentadoria – Saiba Como Resolver!

Descontos ilegais na aposentadoria? Saiba como proteger seu benefício. Veja dicas a seguir!

0

Imagine ter parte da sua suada aposentadoria sendo descontada sem o seu consentimento. Felizmente, existem medidas que podem ser tomadas para barrar esses descontos e garantir que você receba o valor integral do seu benefício. Continue a leitura e saiba como se proteger e recuperar o dinheiro que foi indevidamente descontado.

Como identificar descontos ilegais

idoso preocupado checando contas. ele está sentado numa cama coberta por um edredom xadrez.
É possível evitar descontos ilegais na sua aposentadoria. (Fonte: Edição/Diário Oficial Notícias)

O primeiro passo para resolver o problema é identificar se há descontos ilegais na sua aposentadoria. Para isso, é fundamental analisar o extrato de pagamento do seu benefício com atenção.

Leia mais: Auxílio de R$706 para um Grupo – Veja quem tem Direito e como Receber

Preste atenção a qualquer desconto que você não reconheça ou que não tenha autorizado. Se encontrar algo suspeito, não hesite em tomar as medidas cabíveis. 

Continue lendo e saiba as medidas que pode tomar.

CLIQUE AQUI e receba as nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Como cancelar descontos indevidos

Ao identificar descontos ilegais em seu benefício do INSS, você tem o direito de cancelá-los. Existem diversas maneiras de fazer isso, de acordo com o tipo de desconto:

Descontos de mensalidades associativas

  • Pelo Meu INSS: Acesse o Meu INSS pelo site ou aplicativo e solicite a exclusão da mensalidade associativa.
  • Pelo Portal do Consumidor: Registre uma reclamação no Portal do Consumidor da Senacon, informando o nome da entidade e o número do seu benefício.
  • Pela Central 135: Ligue para a Central 135 do INSS e solicite o cancelamento da mensalidade associativa.
  • Pela Ouvidoria do INSS: Registre uma reclamação na Ouvidoria do INSS pelo Meu INSS ou pela Central 135.

Leia mais: Mesmo Negativado: Saiba Como Pedir um Empréstimo Sendo Assalariado

Empréstimos consignados não solicitados

  • Pelo Portal do Consumidor: Registre uma reclamação no Portal do Consumidor da Senacon, informando o nome da instituição financeira e o número do seu benefício.
  • Pelo Meu INSS: Acesse o Meu INSS pelo site ou aplicativo e solicite a exclusão do empréstimo consignado.
  • Pela Central 135: Ligue para a Central 135 do INSS e solicite o cancelamento do empréstimo consignado.
  • Pela Delegacia de Polícia: Registre um boletim de ocorrência na delegacia de polícia, pois se trata de um possível golpe.

Como se prevenir de descontos ilegais na aposentadoria

Para evitar ser vítima de descontos ilegais, é importante tomar algumas medidas preventivas. Veja:

Leia mais: Acaba de Sair: Aumento no Salário dos Aposentados em MAIO – Valor na Conta; Confira se você receberá

Fique atento aos seus extratos: Analise o extrato do seu benefício com frequência para identificar qualquer desconto suspeito.

Não autorize descontos que você não conhece: Se uma entidade solicitar o desconto de mensalidade, peça mais informações antes de autorizar.

Bloqueie a contratação de empréstimos consignados: Você pode bloquear a contratação de empréstimos consignados pelo Meu INSS ou pela Central 135.

Mantenha seus dados atualizados: Informe ao INSS qualquer mudança de endereço ou telefone para evitar que sejam usados para realizar fraudes.

Veja Também: ABONO EXTRA ANTECIPADO 2024!

SAIU: 2 SURPRESAS na FOLHA de PAGAMENTO dos APOSENTADOS neste MÊS? – ABONO EXTRA ANTECIPADO 2024! (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.