Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Ministro almeja dobrar para R$ 12 bilhões a receita com a folha de pagamento do INSS

Confira as alterações previstas para a folha de pagamento do INSS.

0

O ministro da Previdência Social, Carlos Lupi, está planejando aumentar o valor da folha de pagamento do INSS pago por instituições financeiras. O acréscimo é para administrar a folha de pagamento dos benefícios concedidos pelo INSS (Instituto Nacional do Seguro Social).

Segundo Lupi, a intenção é dobrar a receita atual, que atualmente chega a R$ 6 bilhões, para um total de R$ 12 bilhões. Entenda o caso.

Quantas instituições buscaram o INSS?

Em 2022, 19 instituições, entre bancos públicos e privados, cooperativas e financeiras, desembolsaram um total de R$ 6 bilhões ao Tesouro Nacional para adquirir os direitos de administrar os pagamentos de benefícios do INSS. Mas para o próximo leilão, previsto para este ano, consideram-se os benefícios de janeiro de 2025 e dezembro de 2029. Portanto, a ideia é dobra a folha de pagamento do INSS.

Leia mais: Novo Benefício Liberado para quem tem BPC LOAS – Confira agora

Qual é o novo valor da folha de pagamento do INSS?

Lupi quer dobra a folha de pagamento do INSS
Lupi quer dobra a folha de pagamento do INSS (Fonte: Reprodução Google)

Na perspectiva do ministro, o ajuste do valor deve considerar a lógica da folha de pagamento do INSS. Lupi argumenta que o número de clientes e os negócios gerados em produtos bancários pelas instituições financeiras são consideravelmente maiores do que os valores ressarcidos à União. De acordo com o ministro, o jurídico analisa como pode ser esse reajuste. Todavia, Lupi dobra esse valor. Então se hoje a receita é de R$ 6 bilhões, para ele consegue R$ 12 bilhões.

Leia mais: MEU INSS: Confira como se cadastrar na plataforma da previdência

Para reforçar seu argumento, Lupi comparou os R$ 1,7 bilhão arrecadados pelo estado do Rio de Janeiro com a venda da folha de pagamento de seus 456 mil servidores, que inclui ativos, inativos e pensionistas. Embora os salários sejam mais altos no Rio de Janeiro, com uma média de R$ 3.000 contra os R$ 1.700 do INSS, o ministro considera que o número de beneficiários, de 40 milhões de pessoas, permite um reajuste no valor.

CLIQUE AQUI e receba as nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Saiba o que é o INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), fundado em 27 de junho de 1990, tem o objetivo de operacionalizar o reconhecimento dos direitos dos segurados do Regime Geral de Previdência Social (RGPS). Atualmente, o RGPS conta com mais de 50 milhões de segurados e presta serviços a 33 milhões de beneficiários.

Leia mais: Quer ter uma vida livre das dívidas? Participe do Jornada da Riqueza 

A contribuição para o INSS garante benefícios como aposentadoria por tempo de contribuição, por idade e invalidez, pensão por morte, auxílio-doença, auxílio-acidente, auxílio-reclusão, salário maternidade, salário família e reabilitação profissional, proporcionando segurança financeira aos trabalhadores e suas famílias.

Veja Também:

PROVA de VIDA 2024: GOVERNO e INSS fazem CHAMADA para REALIZAR – VEJA AGORA QUANDO FAZER! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.