Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Descubra como é possível receber um acréscimo de 25% na aposentadoria do INSS – Confira os critérios

Saiba como obter um aumento de 25% na aposentadoria do INSS.

0

Se aposentar por invalidez pode ser um processo difícil e confuso para muitos contribuintes do INSS. Além das dificuldades normais de conseguir o benefício, algumas pessoas podem precisar de um aumento de 25% na aposentadoria. Esse aumento é essencial para quem necessita de cuidados constantes devido a limitações severas de mobilidade ou outras condições graves. Saiba como é possível solicitar esse aumento, quem tem direito a ele, quais são os requisitos necessários e o processo de solicitação.

Quem tem direito ao aumento de 25% na aposentadoria?

idoso com a mão sobre o queixo, com ar de dúvida
Saiba tudo sobre o acréscimo de 25% na aposentadoria do INSS. (Fonte: Reprodução Google)

O aumento de 25% na aposentadoria é destinado a aposentados por invalidez que precisam de assistência permanente de outra pessoa. Isso se aplica a indivíduos que estão acamados ou que sofrem de condições que limitam severamente sua capacidade de locomoção, exigindo cuidados intensivos. O especialista previdenciário da PUC-SP, Theodoro Agostinho, afirma que é possível obter esse acréscimo se a pessoa tiver relatórios médicos que comprovem a necessidade de ajuda constante.

Leia mais: Urgente: 40 Aviões Ficam Presos no Aeroporto Salgado Filho. Veja Detalhes!

Assim, para ser elegível, o beneficiário deve provar que precisa de cuidados diários, que podem ser fornecidos por um familiar ou qualquer outra pessoa. Além disso, não é necessário que o cuidador seja um profissional de saúde. O INSS realizará uma perícia para avaliar a condição do segurado e confirmar a necessidade de assistência permanente. Ademais, se o beneficiário não puder se deslocar até o INSS, é possível solicitar uma perícia em casa.

CLIQUE AQUI e receba as nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Quais são os critérios para o aumento de 25%?

A obtenção do aumento de 25% na aposentadoria exige a apresentação de documentos médicos detalhados que comprovem a necessidade de cuidados contínuos. Segundo Theodoro Agostinho, quanto mais completos e precisos forem os relatórios médicos, mais fácil será conseguir o benefício

No entanto, é importante lembrar que a concessão do aumento depende da análise do INSS, que pode demorar devido à sua estrutura e ao volume de atendimentos.

Leia mais: Urgente: Veja o Que Aconteceu Com os Torcedores Racistas Após Incidente com Vinicius Jr. Leia Mais!

A falta de informação é um problema comum entre os beneficiários do INSS, que muitas vezes desconhecem seus direitos. Assim, cerca de 3% das aposentadorias são concedidas por invalidez, conforme o Boletim Estatístico da Previdência Social. 

Dessa forma, o valor pago pelo INSS é baseado no salário mínimo, e o cálculo da aposentadoria por invalidez considera uma média das contribuições feitas pelo segurado. O pagamento corresponde a 60% dessa média, mais 2% para cada ano trabalhado.

Como solicitar o aumento de 25% na aposentadoria?

O processo de solicitação do aumento de 25% na aposentadoria começa com um agendamento pelo site Meu INSS, pelo aplicativo do INSS ou pela central de atendimento telefônico 135. Ademais, o segurado não precisa comparecer pessoalmente ao INSS para iniciar o pedido. Durante a análise, será necessário realizar uma avaliação social e uma perícia médica.

Leia mais: Moedas raras que valem uma fortuna – Confira quais são

No dia da perícia, é essencial levar todos os documentos médicos, como laudos, exames e atestados, para comprovar a condição de saúde que justifica o aumento. Dessa forma, o perito do INSS avaliará todas as informações apresentadas. 

Doenças que podem ser incluídas

  • Cegueira total;
  • Perda de nove ou mais dedos das mãos;
  • Paralisia dos dois braços ou pernas;
  • Perda das pernas, quando a prótese for impossível;
  • Perda de uma das mãos e de dois pés, ainda que a prótese seja possível;
  • Perda de um braço e uma perna, quando a prótese for impossível;
  • Alteração das faculdades mentais com grave perturbação da vida orgânica e social;
  • Doença que deixe o segurado acamado;
  • Incapacidade permanente para as atividades da vida diária.

Documentação necessária

Para aumentar as chances de conseguir o acréscimo de 25% na aposentadoria, é necessário ter em mãos todos os documentos exigidos pelo INSS. A documentação necessária inclui:

  • Documentos pessoais originais com foto (RG, CNH ou CTPS);
  • Documentos médicos originais (atestado, laudo ou relatório);
  • Procuração ou termo de representação legal (tutela, curatela, de guarda), se houver;
  • Documento de identificação com foto (RG, CNH ou CTPS) e CPF do procurador ou representante, se houver.

A organização e a apresentação correta desses documentos são fundamentais para a análise do pedido pelo INSS. Portanto, é importante seguir todas as orientações e levar todos os papéis exigidos no dia da perícia.

Em suma, solicitar o aumento de 25% na aposentadoria do INSS requer atenção aos detalhes e preparação adequada da documentação. Então, com os relatórios médicos completos e a devida comprovação da necessidade de cuidados permanentes, é possível obter o benefício adicional. Esse aumento pode fazer uma grande diferença na qualidade de vida dos aposentados por invalidez que necessitam de assistência constante.

Veja Também: INSS pega TODOS de SURPRESA é OFICIAL 

DIÁRIO OFICIAL: INSS pega TODOS de SURPRESA é OFICIAL, SAIU AGORA pouco A bomba 💣 Explodiu (Fonte: João Financeira TV).

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!
Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.