Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Confira se o seu nome está na lista de aposentados com pagamentos cortados pelo governo

Veja nova razão do INSS cortar benefícios de vários segurados! Confira requisitos para não entrar para a lista.

0

A aposentadoria é um direito essencial para trabalhadores que contribuem regularmente para a Previdência Social. Normalmente, este benefício é pago até o final da vida do segurado.

Contudo, existem circunstâncias específicas que podem levar ao corte do benefício. Acompanhe para saber quem pode ser afetado por esses cortes este ano e também risco de ter benefícios suspensos.

Situação Atual dos Benefícios do INSS

Confira se o seu nome está na lista de aposentados com pagamentos cortados pelo governo
Confira se o seu nome está na lista de aposentados com pagamentos cortados pelo governo (Fonte: Edição / Diário Oficial Notícias).

Atualmente, o Brasil conta com mais de 39 milhões de beneficiários do INSS, incluindo aposentados, que recebem pelo menos o valor do salário mínimo, fixado em R$1.412. No entanto, esses valores essenciais para muitos podem estar em risco de serem cortados.

Leia mais: BOAS NOTÍCIAS: Senado aprova isenção de IPVA! Veja Então Quem Tem Direito

Importante destacar que esse corte não está mais relacionado à prova de vida, já que o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) decidiu não mais suspender os pagamentos por essa razão.

Corte na Aposentadoria do INSS

Historicamente, a aposentadoria foi considerada um direito inalienável do cidadão brasileiro que contribui de diversas formas para a Previdência Social.

Leia mais: Confira alguns direitos e deveres do trabalhador ATUALIZADOS para este ano!

Embora anteriormente o corte estivesse associado à prova de vida, o INSS reformulou esse procedimento e agora, os benefícios não estão sendo suspensos até o final do ano.

O INSS implementou novos procedimentos para a realização da prova de vida. Todavia, há situações específicas nas quais o INSS ainda procede com o corte do benefício.

Isso ocorre, por exemplo, quando o beneficiário recebe aposentadoria por incapacidade permanente e opta por retornar ao trabalho. A premissa é que, se o indivíduo retorna ao trabalho remunerado, presume-se que não necessita mais da aposentadoria por incapacidade.

Vale ressaltar que essa aposentadoria inicialmente vem concedida como um Benefício por Incapacidade Temporária, após tentativas de recolocação profissional.

Restrições na Acumulação de Benefícios

É fundamental estar ciente de que alguns benefícios do INSS não podem ser acumulados. Com as mudanças introduzidas pela Reforma da Previdência de 2019, as regras de concessão e acumulação de benefícios foram alteradas, exigindo maior atenção dos segurados ao solicitar seus benefícios. Atualmente, é permitido acumular mais de um benefício, porém, não todos.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Compreendendo a Suspensão de Benefícios Por Acúmulo

Primeiramente, todos precisam entender que a suspensão de um benefício significa que o pagamento fica temporariamente interrompido, enquanto o cancelamento implica a perda permanente do direito ao benefício.

Historicamente, a suspensão muitas vezes estava ligada à falta da prova de vida, mas esta prática está modificada, e o INSS não planeja suspender benefícios por esse motivo até dezembro de 2024.

As razões para a suspensão incluem a identificação de erros na solicitação, falhas do segurado, ausência em perícias obrigatórias, e negativa na reabilitação profissional, entre outras.

Algumas modalidades de benefícios, como o salário-família e o benefício por incapacidade temporária, possuem prazos determinados de pagamento, após os quais também podem ser suspensos.

Benefícios do INSS Que Não Podem Ser Acumulados

Entre os benefícios que não são passíveis de acumulação estão:

Leia mais: Governo surpreende com adicional de R$ 900 no Bolsa Família: Veja então como receber

  • Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social (BPC-Loas) com qualquer outro benefício previdenciário;
  • Mais de uma aposentadoria pelo Regime Geral de Previdência Social (RGPS);
  • Aposentadoria combinada com auxílio por incapacidade temporária, abono de permanência em serviço, e auxílio-acidente;
  • Salário-maternidade combinado com auxílio por incapacidade temporária ou com aposentadoria por incapacidade permanente;
  • Mais de um auxílio-acidente;
  • Seguro-desemprego com qualquer benefício previdenciário ou assistencial, com exceção de pensão por morte, auxílio-reclusão, auxílio-acidente, auxílio-suplementar ou abono de permanência em serviço;
  • Mais de uma pensão por morte de cônjuge ou companheiro pelo RGPS.

Nos casos de acúmulo permitido, o segurado não receberá o valor integral de ambos os benefícios, mas sim o valor total do benefício de maior valor e uma porcentagem do outro, conforme a seguinte tabela:

  • 100% do salário mínimo;
  • 60% do valor que ultrapassar um salário mínimo, até dois salários mínimos;
  • 40% do valor que ultrapassar dois salários mínimos, até três;
  • 20% do valor que ultrapassar três salários mínimos, até quatro;
  • 10% do valor que ultrapassar quatro salários mínimos.

Para mais informações sobre a possibilidade de acumular benefícios, consulte o site do INSS ou entre em contato através do telefone 135.

Veja Também: CALENDÁRIO de PAGAMENTOS INSS: SAIU LISTA de quem vai RECEBER GRANA EXTRA

CALENDÁRIO de PAGAMENTOS INSS: SAIU LISTA de quem vai RECEBER GRANA EXTRA + SUSPENSÃO dos DESCONTOS (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias. Então clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.