Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Como a Nova Taxação de Compras de Até US$ 50 Vai Afetar Suas Compras. Saiba Mais!

0

Na última sexta-feira, ocorreu a divulgação de uma nova medida que afetará diretamente as compras internacionais feitas por brasileiros. Com a sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi estabelecida uma taxação adicional de 20% sobre produtos de até US$ 50 importados para uso pessoal. Esse ajuste tributário, apelidado de “taxa das blusinhas”, começará a ser aplicado a partir do primeiro dia de agosto deste ano.

A mudança visa regulamentar o crescimento constante de compras feitas em sites estrangeiros, como Shein e Aliexpress, que oferecem produtos a preços consideravelmente baixos. Para produtos de maior valor, a tarifa a ser aplicada aumenta para 60%, com uma dedução de US$ 20 sobre o imposto devido. Essa decisão política gera debates sobre o impacto no custo final para os consumidores, frequentemente atraídos pelas promoções dessas plataformas.

Entenda a Aplicação Prática da Nova Tarifa de Importação

Taxação das Blusinhas
Taxação das Blusinhas ( Fonte: Google)

A Receita Federal detalhou como essas taxas serão aplicadas. Compras até US$ 50 terão um adicional de 20%, o que significa que uma compra que antes custava US$ 50 agora será taxada em US$ 60. Para compras entre US$ 50,01 e US$ 3.000, a taxação eleva-se para 60%, com a já mencionada dedução de US$ 20. Essas mudanças não afetam produtos médicos importados de até US$ 10.000, que continuarão isentos de impostos, desde que cumpram os requisitos legais.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Quais Empresas Serão Influenciadas pela Nova Taxação?

Grandes varejistas online como Shein, Amazon e Shopee serão diretamente afetadas. Embora a Shopee tenha declarado apoio à medida, esta mudança poderá alterar significativamente a maneira como os consumidores brasileiros aproveitam essas plataformas. Estima-se que 15% dos produtos na Shopee são importados, indicando que uma fatia considerável de suas operações será influenciada pela nova política tributária.

Leia mais: PIS/PASEP: Saiba Quem Vai Receber em Julho e as Datas de Pagamento!

Qual o Impacto Econômico Esperado com Essa Medida?

Além dos 20% sobre a importação, a taxação adicional não considera o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e outras taxas que podem incidir sobre o produto, incluindo os custos de frete. Tributaristas alertam que o custo final dos produtos pode aumentar mais do que os 20% iniciais previstos, tornando as “comprinhas” online consideravelmente mais caras. Essa decisão visa não apenas regularizar, mas também incentivar o consumo dentro do mercado nacional, potencialmente estimulando a economia local.

Leia mais: Imposto de Renda, 3º lote. Saiba como receber sua restituição de forma urgente!

Como os Consumidores Devem se Preparar para Essas Alterações?

É crucial para os consumidores estarem atentos às datas e detalhes da nova regulamentação. Aqueles que realizarem suas opções de compra até o dia 31 de julho não serão afetados pela nova regra. Porém, a partir de agosto, é importante estar informado sobre o custo adicional que recairá sobre as compras internacionais e considerar isso no planejamento financeiro pessoal. Além disso, acompanhar atualizações constantes sobre a implementação dessa e futuras políticas fiscais pode ajudar a minimizar impactos negativos no orçamento.

Veja também: INSS: A BOMBA vai ESTOURAR TODOS correm RISCO – EU AVISEI

Veja mais (João Financeira TV)

Dica bônus:


Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes
sociais:
CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!
CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!
Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias:
Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assist
a