Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Cometa a Caminho: Fenômeno Celestial Vai Ilumina o Céu Brasileiro

Fenômeno espacial vai poder ser visto do céu brasileiro. Confira em quais regiões será possível apreciar a passagem do cometa

0

Para os entusiastas da astronomia e todos aqueles fascinados pelo vasto universo, uma oportunidade rara se apresenta neste fim de semana. O cometa 13P/Olbers, um impressionante visitante do cosmos, estará visível a olho nu. Descoberto há mais de dois séculos, este visitante celeste promete um espetáculo luminoso no céu noturno.

O cometa, que foi descoberto em março de 1815 pelo astrônomo alemão Heinrich Wilhelm Matthias Olbers, é classificado como um cometa de período curto. Isso significa que ele completa uma órbita ao redor do Sol a cada 69 anos, diferentemente dos cometas de longo período, que podem levar milhares de anos para fazer o mesmo percurso. Este sábado, marca um dos pontos altos de sua trajetória, quando o brilho do cometa atinge seu pico.

Por que é raro ver o Cometa 13P/Olbers?

Cometa passa pela Terra a cada 69 anos
Cometa passa pela Terra a cada 69 anos (Fonte: Dan Bartlett/NASA)

A raridade do cometa 13P/Olbers se dá pelo seu período orbital de quase sete décadas, tornando cada aparição um evento marcante para as gerações de observadores do céu. Além disso, a luminosidade intensa que alcança em seu ponto mais próximo da Terra adiciona um brilho espetacular difícil de ser ignorado nas noites claras.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Como observar o cometa neste sábado?

De acordo com as orientações do Observatório do Valongo da UFRJ, a melhor chance de avistar o cometa 13P/Olbers é utilizando binóculos, logo no início da noite, voltando sua visão para a constelação de Lince. Para aqueles situados nas regiões Norte e Nordeste do Brasil, o espetáculo será ainda mais claro, graças à menor incidência de poluição luminosa nestas áreas.

Leia mais: META é PROIBIDA pelo Governo de utilizar dados de usuários para o uso de IA

O que mais o mês de julho reserva para os aficionados por astronomia?

Além do cometa, o mês de julho está carregado de eventos astronômicos. Um dos destaques é a chuva de meteoros Delta Aquáridas, visível também a olho nu. Esta chuva de meteoros, que atinge seu ápice entre as noites de 30 e 31 de julho, oferece um espetáculo de aproximadamente 20 a 25 meteoros cruzando o céu por hora.

Leia mais: Mobilização no INSS: Servidores Ameaçam Paralisação e Exigem Melhores Condições

A chuva é originária de fragmentos de um meteoro de origem ainda não identificada por cientistas. Seu nome deriva da estrela Delta Aquarii, ponto de origem dos meteoros na constelação de Aquário. É uma excelente oportunidade para os amantes do céu noturno observarem um fenômeno celestial deslumbrante.

  • Local ideal para observação: Regiões com baixa poluição luminosa, especialmente Norte e Nordeste do Brasil.
  • Equipamento necessário: Binóculos ou um pequeno telescópio.
  • Melhor horário: Início da noite, observando a constelação de Lince.

Leia mais: CadÚnico: sistema para o acesso aos PROGRAMAS SOCIAIS no BRASIL

Estes eventos astronômicos proporcionam uma ponte entre o presente e o passado, conectando-nos através do tempo e espaço com a vastidão inexplorada do nosso universo. Portanto, prepare seus binóculos, marque na sua agenda e não perca essas magníficas demonstrações celestiais de julho!

Veja Também: Pagamento Surpresa INSS

INACREDITÁVEL: INSS tem 2 PAGAMENTOS SURPRESAS – NÃO PERCA seus DIREITOS (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.