Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Boa notícia! BNDES libera R$ 15 Bilhões em Crédito para Empresários. Saiba mais!

Rápida ação do BNDES: R$ 15 bilhões em crédito para empresários do Rio Grande do Sul afetados pelas recentes enchentes. Veja como acessar

0

Após os recentes eventos climáticos que impactaram significativamente o Rio Grande do Sul, uma nova medida de apoio financeiro foi anunciada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). A partir de terça-feira, 11 de junho de 2024, a instituição disponibiliza uma linha especial de crédito para empresários, totalizando R$ 15 bilhões.

Os recursos desta linha de crédito têm como objetivo principal auxiliar na recuperação dos danos provocados pelas chuvas intensas. Com valores que começam a ser liberados a partir do dia 21 de junho, a iniciativa procura não apenas restaurar a infraestrutura danificada, mas também apoiar a retomada da atividade econômica local.

Como Funciona a Linha de Crédito do BNDES?

BNDES tem até R$ 15 bilhões a disponibilizar em crédito para empresários gaúchos.
BNDES tem até R$ 15 bilhões a disponibilizar em crédito para empresários gaúchos. (Fonte: Reprodução Google)

Para acessar o financiamento, os empresários devem entrar em contato com os gerentes de seus respectivos bancos. Importante ressaltar que todos os bancos parceiros do BNDES estão habilitados a operar essa linha de crédito. Instituições como Bradesco, Banrisul, BRDE, Badesul, Banco Safra, Sicredi e Cresol já confirmaram que estarão disponibilizando esses recursos a partir de amanhã.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Quem Pode Beneficiar-se das Novas Medidas?

A linha de crédito é destinada a uma variedade de empresários, incluindo pessoas jurídicas de todos os tamanhos, produtores rurais, transportadores autônomos de veículos e empresários individuais. A única exigência é que eles operem nos 95 municípios que decretaram estado de calamidade pública.

Leia mais: Urgente! Senado Aprova a ‘Taxa das Blusinhas’. Confira os detalhes!

Detalhes das Opções de Financiamento Disponíveis

  • Financiamento de Máquinas ou Equipamentos: Até R$ 300 milhões, com prazo de pagamento de até 5 anos e uma taxa de juros de 0,6% ao mês.
  • Financiamento para Reconstrução: Também até R$ 300 milhões, mas com um período de até dez anos para pagamento, incluindo dois anos de carência, mantendo a taxa de 0,6% ao mês.
  • Capital de Giro: Até R$ 400 milhões, com prazo de até cinco anos e uma taxa de juros de 0,9% ao mês. Este financiamento visa cobrir necessidades imediatas como pagamento de salários, fornecedores e recomposição de estoques.

Leia mais: Novidade! Cidade pode virar a “Times Square do Brasil”. Saiba qual!

O presidente do BNDES, Aloizio Mercadante, destacou a importância da rapidez na implementação dessa linha de crédito e afirmou que avaliações regulares serão realizadas para garantir a eficácia do programa. “Esses bancos estão preparados para receber as propostas das empresas a partir de amanhã. Os recursos precisam chegar aos empresários o mais rápido possível para que possamos mitigar os efeitos dessas enchentes devastadoras,” declarou Mercadante.

Essa medida emergencial é um sopro de esperança para o setor empresarial do Rio Grande do Sul, demonstrando uma ação rápida e coordenada de várias entidades financeiras em resposta a uma situação de crise. Agora, é fundamental que os empresários afetados se mobilizem para acessar esses fundos e iniciar o processo de recuperação.

Veja também:

Uma grande surpresa para os beneficiários do INSS + redução na taxa de juros! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.