Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Auxílio Inclusão do INSS paga R$ 706 paga segurados – Veja quem tem direito e como solicitar

Veja a seguir como funciona um auxílio de incentivo a beneficiários do INSS!

0

Para muitas pessoas com deficiência, acessar benefícios sociais específicos é fundamental para promover uma existência mais digna e integrativa.

Com esse objetivo, o governo brasileiro introduziu o auxílio-inclusão em 2021, complementando o Benefício de Prestação Continuada (BPC), para prover suporte financeiro a indivíduos que enfrentam desafios associados às suas condições físicas ou mentais. Confira como funciona a seguir!

O que é o Auxílio-Inclusão

Auxílio Inclusão do INSS paga R$706 paga segurados - Veja quem tem direito e como solicitar
Auxílio Inclusão do INSS paga R$706 paga segurados – Veja quem tem direito e como solicitar (Fonte: Edição / Diário Oficial Notícias).

O Auxílio-Inclusão é uma forma de assistência financeira fornecida pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) para pessoas com deficiência que já são beneficiárias do BPC e que desejam (ou já estão) inseridas no mercado de trabalho.

Leia mais: BOAS NOTÍCIAS: Senado aprova isenção de IPVA! Veja Então Quem Tem Direito

Este benefício foi concebido como um estímulo para que pessoas com deficiência possam ocupar vagas remuneradas, mantendo uma parte da assistência financeira anteriormente recebida pelo BPC.

Com a adoção do Auxílio-Inclusão, ocorre uma transição, onde o BPC é temporariamente suspenso para dar espaço a esta nova forma de suporte.

Esta iniciativa veio para dissipar um medo comum entre as pessoas com deficiência, que hesitavam em procurar emprego por temerem perder o acesso ao BPC permanentemente e não conseguir readaptar-se ao mercado de trabalho caso necessário.

Leia mais: Confira alguns direitos e deveres do trabalhador ATUALIZADOS para este ano!

Assim, o Auxílio-Inclusão serve como uma rede de segurança, permitindo um retorno mais fácil ao BPC, se o emprego não se concretizar como esperado.

A legislação que regulamenta o Auxílio-Inclusão foi sancionada em 2021, através da Lei 14.176, embora sua origem remonte ao Estatuto da Pessoa com Deficiência, promulgado pela Lei 13.146/2015.

Funcionamento do Benefício do Auxílio Inclusão

Anteriormente a 2021, ao iniciar uma atividade remunerada, o beneficiário com deficiência tinha seu BPC suspenso.

Com a nova legislação, essa suspensão ainda ocorre, mas agora, o beneficiário passa a receber o Auxílio-Inclusão, um suporte adicional que se soma ao seu salário e outros benefícios trabalhistas como 13º salário, férias e FGTS.

O valor do Auxílio-Inclusão corresponde à metade do que era fornecido pelo BPC, cerca de R$706,00 em 2024, que é metade de um salário mínimo.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Embora menor, esse auxílio contribui significativamente para a melhoria da qualidade de vida do beneficiário, permitindo que continue a receber um suporte financeiro enquanto ganha um salário.

O pagamento do Auxílio-Inclusão é indefinido, contanto que os critérios sejam atendidos continuamente. Caso o beneficiário obtenha um aumento salarial que ultrapasse o limite estipulado, o auxílio será cessado.

No entanto, se a pessoa perder o emprego, poderá solicitar o reinício do BPC sem passar por todas as avaliações inicialmente necessárias.

Quem tem direito ao Auxílio-Inclusão?

Os critérios para recebimento deste benefício são específicos:

Leia mais: Governo surpreende com adicional de R$ 900 no Bolsa Família: Veja então como receber

  • Possuir uma deficiência considerada de grau moderado ou grave;
  • Estar recebendo o BPC e começar um trabalho remunerado com salário de até dois salários mínimos (R$2.824 em 2024);
  • Ter tido o BPC suspenso por entrar no mercado de trabalho com salário de até dois salários mínimos nos últimos cinco anos;
  • A renda familiar per capita deve ser igual ou inferior a um quarto do salário mínimo, ou seja, R$353 em 2024;
  • Manter o CPF sem pendências e o CadÚnico atualizado.

Leia mais: Revelação Surpreendente: O Que Causa às Pessoas no Fim da Vida Verem Entes Queridos Mortos Há Anos

O Auxílio-Inclusão não é contabilizado como parte da renda familiar para fins de cálculo de outro BPC na mesma residência, e não pode ser acumulado com outros benefícios do INSS, como aposentadoria ou pensão por morte. Se ocorrer tal acumulação, o pagamento do Auxílio-Inclusão é interrompido.

Veja Também: Bancos PAGARÃO UMA Fortuna PARA QUEM TEVE CONTA POUPANÇA?

Bancos PAGARÃO UMA Fortuna PARA QUEM TEVE CONTA POUPANÇA? VEJA AGORA se VOCÊ TEM DIREITO! (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias. Então clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.