Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

ATENÇÃO! Sobe Preço dos Combustíveis Nesta Terça. Entenda o Reajuste

Entenda as razões do aumento dos preços dos combustíveis no Brasil, que impactam diretamente no bolso dos trabalhadores, e as consequências econômicas disso.

0

Desde esta terça-feira (11), os consumidores brasileiros enfrentam um novo aumento nos preços dos combustíveis – etano, gasolina e diesel. Informações indicam que grandes distribuidoras, como a Ipiranga, ajustaram seus preços, uma ação que traz diversas repercussões econômicas e sociais para o país.

Este aumento foi justificado pelas distribuidoras como uma resposta à medida provisória que alterou as regras de créditos tributários de PIS/Cofins. Essa mudança restringe o uso desses créditos por parte das empresas, afetando diretamente os custos internos e, consequentemente, o preço final dos combustíveis ao consumidor. Mas, como esse ajuste afeta diretamente a população e a economia do país?

Por que os preços dos combustíveis estão subindo novamente?

Sobe o preço do Combustível no Brasil
Aumento do combustível é uma resposta à medida provisória que alterou as regras de créditos tributários de PIS/Cofins (Fonte: Reprodução Google)

A nova medida provisória (MP 1227/24), que entrou em vigor na última semana, limita a possibilidade de compensação de créditos de PIS/Cofins pelas empresas. Segundo fontes do setor, isso resultaria em um incremento que pode variar de 4% a 7% no preço da gasolina e de 1% a 4% no diesel durante a distribuição. Essas limitações foram implementadas como forma de aumentar a arrecadação federal em resposta à desoneração da folha de pagamentos de certos setores.

CLIQUE AQUI e receba nossas PRINCIPAIS NOTÍCIAS pelo WhatsApp

Impacto nos custos de transporte e no cotidiano dos brasileiros

O reajuste dos combustíveis não se reflete apenas na hora de abastecer o veículo. Ele impacta significativamente o custo do transporte público e do frete de mercadorias, elementos vitais para a economia do país. Segundo Ana Mandelli, diretora do IBP, esses aumentos se traduzem diretamente em elevação nos preços de produtos básicos e serviços essenciais, pressionando ainda mais o bolso dos trabalhadores brasileiros.

Leia mais: Novas Facilidades no Acesso ao Crédito Consignado para Trabalhadores! VEJA COMO FUNCIONA:

Reações do setor e perspectivas futuras

Entidades como o Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo de Campinas e Região (Recap) e outros representantes do segmento têm se posicionado criticamente em relação às novas políticas de preços. Emílio Martins, presidente do Recap, argumenta que as medidas, além de inconstitucionais, sobrecarregam injustamente os consumidores finais e os revendedores.

Leia mais: STF Decide Sobre Uso da Linguagem Neutra em Municípios Brasileiros

Em comunicado, a distribuidora Ipiranga destacou que a decisão de reajuste foi uma resposta imediata à restrição de compensação de créditos tributários, mas ressaltou que os preços finais nas bombas são definidos pelos revendedores, dentro de uma política de livre mercado.

  • Impacto previsto: Aumento de 4% a 7% na gasolina e 1% a 4% no diesel.
  • Reação das distribuidoras: Reajustes baseados na limitação do uso de créditos de PIS/Cofins.
  • Perspectiva para o consumidor: Elevação dos custos de transporte e produtos básicos no dia a dia.</koob.

Leia mais: ATENÇÃO! Abono Salarial PIS/Pasep: Confira os Pagamentos de Julho e Agosto

Este cenário conduz a uma real necessidade de revisão das políticas de preços e tributações aplicadas ao setor de combustíveis, visando a um equilíbrio que possa satisfazer tanto as exigências governamentais quanto as necessidades da população brasileira num contexto econômico cada vez mais desafiador.

Veja Também: Novo Salário em 2025

INACREDITÁVEL: NOVO SALÁRIO de 2025 CHOCA os APOSENTADOS + 2 SURPRESAS na FOLHA de PAGAMENTO (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus:

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extra: Tenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube e assista.