Jornal JF
Confira as melhores e mais importantes notícias sobre o INSS, economia, auxílios, benefícios, FGTS e novidades do Brasil, com o Portal Diário Oficial Notícias - A fonte mais completa e confiável para você!

Atenção: Omeprazol tem novo efeito colateral descoberto- Confira agora

Veja agora sobre o novo efeito colateral omeprazol. Contistas acendem um alerta para quem consome o remédio.

0

Veja agora mais informações a respeito de medicamentos comuns para o refluxo como Omeprazol que estão ligados a um novo efeito colateral. Descoberta de cientistas acende um alerta para quem utiliza o medicamento. Fique atento e cuide de sua saúde.

Novo efeito colateral do Omeprazol

médico em atendimento com um paciente
Medicamento Omeprazol tem novo efeito colateral (Fonte: Edição / Diário Oficial Notícias).

A utilização de medicamentos para refluxo pode acabar causando efeito colateral bastante indesejado de desconforto, como enxaqueca e dor de cabeça. De acordo com a conclusão de um estudo publicado recentemente pela revista científica Neurology Clinical Practice.

CLIQUE AQUI e receba as PRINCIPAIS NOTÍCIAS do Diário Oficial Notícias pelo WhatsApp

O refluxo ocorre quando o ácido do estômago flui para o esôfago, geralmente depois de uma refeição ou quando a pessoa está deitada.  As pessoas com o refluxo ácido podem acabar apresentando azia, úlceras e desenvolver então doenças do refluxo gastroesofágico, e acabar com um câncer de esôfago.

Leia mais: Confirmado Reajuste para Aposentados do INSS em 2024! Veja agora

Dessa forma, para aplacar os sintomas da condição que também causa dor no peito, azia e dificuldade para engolir, acabam sendo usados medicamentos chamados de redutores de acidez gástrica. Nestes acaba sendo incluso diversas classes como inibidores da bomba de prótons, no qual fazem parte do Omeprazol e do Esomeprazol,  sendo os antagonistas dos receptores H2 da histamina, os bloqueadores como cimetidina, famotidina e suplementos antiácidos.

Leia mais: Acaba de sair: Quem ganha acima do mínimo terá aumento em 2024? Veja agora

Este estudo não prova que os medicamentos redutores de ácido acabam causando enxaqueca, mas demonstra uma associação. 

Estudo desse novo efeito colateral do Omeprazol

No estudo os pesquisadores acabaram analisando dados de cerca de 11.818 pessoas, que acabaram fornecendo informações sobre o uso de medicamentos para refluxo e que tiveram enxaqueca ou dor de cabeça intensa durante os últimos três meses. Como resultado, acaba mostrando que 25% dos participantes que acabam consumindo inibidores de bomba de prótons tiveram sim enxaqueca ou dor de cabeça intensa, sendo comparado com 19% daqueles que não tomaram medicamentos.

Leia mais: INSS: Novas doenças garantem aposentadoria em 2024 – Confira lista

Dentre os que tomavam os bloqueadores de H2, 25% também tiveram dor de cabeça intensa, sendo comparado com 20% daqueles que não tomaram esses medicamentos.  Cerca de 22% dos que tomaram suplementos antiácidos tiveram fortes dores de cabeça, sendo comparado com 20% que não tomavam antiácidos.

Leia mais: Reajuste no Salário do INSS 2024 para quem ganha acima do mínimo: Conheça novo valor

Quando pesquisadores ajustavam outros fatores que poderiam afetar o risco de enxaqueca como por exemplo, a idade, sexo e consumo de cafeína e álcool, as pessoas que tomavam inibidores de bomba de prótons, tinha 70% mais probabilidade de ter enxaqueca que as que não tomavam esses medicamentos. Aqueles que consumiam um bloqueador de H2, eram 40% mais propensos do que aqueles que tomavam suplementos antiácidos eram 30% mais propensos. 

Veja também: Margem social foi liberada?

Governo VAI LIBERAR a MATGEM SOCIAL em 2024? Quem tem Direito? SAIBA a VERDADE. (Fonte: João Financeira TV)

Dica bônus

Receba nossas informações diariamente de forma gratuita, nos seguindo em nossas redes sociais:

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO INSTAGRAM!

CLIQUE E CONHEÇA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK!

Dica extraTenha todas as informações de forma rápida e sem precisar ler as notícias: Clique aqui, se inscreva em nosso canal do Youtube assista.